PT EN

Claustro do Convento do Bom Sucesso

Belém

O convento do Bom Sucesso foi construído por volta de 1640, ainda sob o reinado de Felipe III, estende-se por uma área de 9536m2 e foi construído sobre a antiga praia do Bom Sucesso junto a Belém, donde se via chegarem as caravelas, depois de longas viagens pelo mundo. É um Convento da Ordem Dominicana Irlandesa e foi sua benfeitora a Condessa da Atalaia, D. Iria de Brito. O convento encontra-se extensamente descrito na ficha informática do IHRU (www.monumentos.pt) onde se sublinha a particularidade da planta octogonal da igreja e o revestimento a azulejos brancos e azuis do claustro com uma fonte também revestida a azulejos e repuxos de água que revelam uma inusitada abundância de água. A cor dos azulejos remete para a cor dos azulejos do Palácio de Fronteira também desta época. Os azulejos que revestem o lago são muito peculiares. Trata-se de faixas de azulejos rectangulares (13.5x7cm) brancos e azuis colocados em ziguezague. O objectivo deste projecto é o de repor a água no lago, refazer o sistema de repuxos e restaurar o pavimento do claustro, reparando nele também a drenagem. O projecto foi orientado para a reposição dos repuxos e consequente movimento da água de novo a partir dos oito bicos. Em seguida foram estudadas as medidas dos intervalos dos canteiros para corrigir assimetrias e conferir dimensões homogéneas aos caminhos. Nos cantos do claustro quatro canteiros foram eliminados. A drenagem que ali chegava por canalização vinda do telhado despejava directamente para o claustro, e foi substituído e enterrado sob a calçada. Em redor dos canteiros foi construída uma valeta para a drenagem superficial ligada a quatro sumidouros que entregam as águas pluviais em caixa de queda já existente.
Ficha Técnica - Arquitectos Paisagistas

Coordenação de Projecto:
Cristina Castel-Branco

Assistência de Projecto:
Inês Sampaio Fontes

Área: 235 m2

Estado: Construído

Cliente:
Religiosas Dominicanas do Convento do Bom Sucesso

Data: 2010

Observações: Subsidiado pelo projecto EEA Grants