PT EN

Jardim Botânico da Ajuda - Restauro

Lisboa

Os objectivos que presidiram à elaboração do projecto de restauro do Jardim Botânico da Ajuda teve em conta a sua fortíssima herança como património histórico assim como a sua dupla função de espaço científico de estudo da Botânica e de espaço de lazer e animação turística e cultural.

Pretendeu-se com a proposta:

- Recuperar os elementos construídos que constituem o legado monumental do jardim: fontes, balaustradas, escadarias, pavimentos e bancos.

- Recuperar o traçado original dos canteiros e a colecção de plantas no tabuleiro superior, atendendo à história da sua introdução em Portugal e à ligação aos descobrimentos portugueses, dispondo-as por áreas fitogeográficas.

- Recuperar a colecção de plantas aquáticas no lago central do tabuleiro inferior.

- Reactivar as estufas, reintroduzindo a produção de plantas.

- Criar um jardim de plantas aromáticas desenhado para invisuais.

- Recuperar a zona da mata com plantas representativas das associações da flora portuguesa.

- Etiquetar as espécies expostas e editar o respectivo catálogo.

- Reunir as condições essenciais para o acolhimento, apoio e enquadramento de visitantes.

- Assegurar os meios necessários para permitir no futuro a obtenção de receitas que venham a garantir a manutenção do jardim.

A abertura do jardim em 1997 fez aumentar o número de visitantes de 2000 para 20000 por ano, passando a ser conhecido e vivido.
Ficha Técnica - Arquitectos Paisagistas

Coordenação de Projecto:
Cristina Castel-Branco

Assistência de Projecto:
Ana Luísa Soares | Teresa Chambel

Área: 1,3 ha

Estado: Construído

Cliente:
Instituto Superior de Agronomia

Data: 1997