PT EN

Quinta dos Espadeiros

Almada

Actualmente a quinta constitui um oásis em pleno meio urbano; ao património cultural formado pela casa e assentos de lavoura setecentistas em muito bom estado de conservação, veio juntar-se uma paisagem de água rodeada de plantas e cortinas de vegetação em crescimento. A evolução desta quinta é representativa da evolução da paisagem destas freguesias de Almada (Feijó e Laranjeiro) através das quais se fez a expansão dos sistemas viários da Grande Lisboa. O desaparecimento destas quintas e com elas o registo e a memória de uma arquitectura vernacular de qualidade e de uma ocupação agrícola do território leva à presente proposta de classificação. A raridade e ao mesmo tempo o bom estado de conservação da Quinta dos Espadeiros coloca-a numa posição de valor concelhio como medida legítima de protecção e defesa do património.
Ficha Técnica - Arquitectos Paisagistas

Coordenação de Projecto:
Cristina Castel-Branco

Assistência de Projecto:
João Jorge | Raquel Carvalho | Inês Sampaio Fontes

Área: 70 573 m2

Estado: Aprovado

Cliente:
Dr. José Elvas

Data: 2008

Observações: Proposta de Classificação como Bem Imóvel de Interesse Municipal