PT EN

Restauro do Jardim do Cerco

Mafra

O Jardim do Cerco, um lugar onde se cruza a natureza e a cultura, foi criado pelos frades franciscanos de Mafra e exigiu no seu restauro a ligação directa ao Convento e a permanente articulação com a Tapada.
A localização do Jardim do Cerco, a cerca de 40 km de Lisboa e adossado ao Convento, permite-lhe uma utilização turística tanto mais forte quanto fôr reforçada a sua articulação com a visita ao Convento (com cerca de 100.000 visitantes por ano) e à Tapada de Mafra.
A proposta deu prioridade ao restauro da vegetação e à preparação como parque público para os residentes de Mafra, com recreio activo e a criação de uma área para espectáculos ao ar livre, respeitando o carácter patrimonial do conjunto.
Considerou-se fundamental o desenvolvimento de um Plano Director de Restauro faseado, respondendo às actividades tradicionais no jardim (parque infantil, parque de merendas, jardim público urbano). Após a análise da vegetação, da fauna e dos elementos patrimoniais contemporâneos do Convento (Jogo da Bola, a nora, o aqueduto) definiram-se dois tipos de espaços a fasear para responder às necessidades da população e dos visitantes do Convento: a nora e jardim e o antigo horto dos frades (jardim público municipal), e a área da mata que se estende em direcção à Tapada e cuja função de complemento do Palácio nunca foi alcançada.
Ficha Técnica - Arquitectos Paisagistas

Coordenação de Projecto:
Cristina Castel-Branco

Assistência de Projecto:
Ana Luísa Soares |Teresa Chambel | Sandra Mesquita

Área: 1.3 ha

Estado: Construído

Cliente:
Câmara Municipal de Mafra

Data: 1997/2007