PT EN

Lago do Bambusal

Quinta das Lágrimas, Coimbra

As estruturas hidráulicas construídas na Quinta das Lagrimas datam de vários séculos e mantiveram o seu uso até aos dias de hoje, denotando uma manutenção permanente.

O muro do canal das Lágrimas que conduzia a água para a casa e para accionar a roda do lagar de azeite é por isso uma construção do séc. XVII documentada e as argamassas que asseguravam a sua manutenção como aqueduto em alvenaria de pedra.

O projecto respeitou a estrutura e do uso deste muro aqueduto e usou-o como pano de fundo de um elemento contemporâneo, formado por um rectângulo de água no qual se espelha o céu, o muro e das linhas verticais do bambu.
Ficha Técnica - Arquitectos Paisagistas

Coordenação de Projecto:
Cristina Castel-Branco

Assistência de Projecto:
Miguel Coelho de Sousa

Área: 33 m2

Estado: Construído

Cliente:
Hotel Quinta das Lágrimas

Data: 2008